21 abril 2012

Escreva ...



Participem ! DOMINGO CULTURAL POESIA + MÚSICA


Clique na imagem e vistem :

Olá gente amiga !

Fiquei uma semana sem net, e fazer post em lan house ninguem merece, né, rsss... e eu vou contar uma coisa pra vocês, sou chata que dói, tudo me irrita.Aquele monte de adolescentes jogando, aí fica tudo leeento. E os que falam alto, será que as pessoas não imaginam que ali tem pessoas estudando,
pesquisando, e às vezes tentando fazer um post razoável ( minha pobre pessoa)? Brincadeiras à parte, e um pouco da minha rabugice também, falta nos realmente um pouco mais de refinamento , isso mesmo,
a palavra que pensei foi esta mesmo, sabe eu quero dizer aquela consciência que vai além  do básico em educação.Das pessoas entenderem que viver em sociedade exige delicadeza, que dividimos momentos e espaços com as pessoas desconhecidas e que essa experiência deveria ser leve e respietosa, que falar alto em ambientes fechados, gritar ao celular, gargalhar em cima dos outros, é sim desagradável .Entender que não custa pedir licença, responder educamente, olhando nos olhos. Pode parecer primário viu gente, mas infelizmente essas COISINHAS tem passado despercebido a  muitas pessoas .
Bem toquei nesse assunto, mas nada na verdade quero mesmo é falar sobre outro assunto, rsss, eu estava apenas desabafando sobre meus martírios na lan house .
Estão vendo o que está escrito na máquina no início do post ? Então, esta é a pergunta que eu nos faço hoje, sim pergunto-me também, e paro junto com vocês  pra refletir.Os dias vão passando e a sensação que a maioria de nós temos é que eles voam.E muitas vezes sentimos que temos apenas interpretado papéis, enredos já prontos e colocado á nossa cabeceira, acordamos, pegamos,lemos, e fazemos o que está ali pré-determinado.
Ou seja, acabamos entrando no automático .E vem então uma sensação de desconforto, um sinal da alma que as coisas podem e devem ser melhores.Precisamos ser lembrados constantemente que a vida é uma só, e que a única certeza que temos é que um dia partiremos.Então porque deixar o que é bom pra amanhã ? Porque fazer o que é normalmente esperado, não questionar, buscar outros horizontes ?
Aos 23 anos sai da casa dos meus pais, com as minhas roupas e  um colchão, deixei minha cama e o meu guarda roupas pra trás. Isso foi a 11 anos e lembro-me como se tivesse sido ontem, fui morar numa casa alugada no mesmo bairro ,e o meu irmão que é um ano mais novo foi comigo.Talvez vocês estejam curiosos do motivo de termos saido da casa dos meus pais, e eu vou contar, foi por vontade de ser mais do que apenas filhos na casa dos pais. Será que dá pra entender ?Oito meses depois meu imão casou-se e eu não quis ficar na mesma casa que eles, acho que recém casados necessitam de privacidade .Todos tinham certeza de que eu voltaria a morar com minha família, mas eu aluguei um lugar pra mim  e continuei morando sozinha.Um ano depois fui trabalhar em outra cidade .
E o que isso me trouxe? Amadurecimento pleno .Perdão e paciência .Não veio de uma vez, nem sem luta e desgate, mas chegou e trouxe consigo libertação.
Em todos esses anos muitas coisas boas e ruins me aconteceram . Algumas vezes me senti sozinha, mas acho que todo ser humano é um pouco sozinho, porque tem coisas que só nós mesmos podemos fazer por nós e há reconditos da nossa alma que outro ser humano jamais entenderá.
Compreendi que posso e devo ter nas minhas mãos o instrumento que escreve a minha história.Que sempre poderei decidir como REAGIR ao que me acontece, principalmente os eventos desagradáveis.
E a cada dia sinto que podemos ser melhores como ser humano, que somos capazes de dar o nosso melhor, que podemos mudar essa cadeia de violência que nos assalta.Violência de palavras, atitudes e que resulta em uma sociedade amedrontada.
Vamos escrever a nossa história, confiando que há um Deus que direciona os nossos passos e que podemos ser co-autores, pois ele é o Autor da Vida .

 Quando confiamos em Deus, não quer dizer que estamos cruzando os braços, ou o responsabilizaremos por nossa inércia, e muitas vezes nossa infantilidade, ao contrário, ao confiar em Deus sabemos que receberemos força e vitalidade pra colocar em prática o que sonha o nosso coração e aspira a nossa alma .
Escreva sua história, solte-se das amarras que porventura o aprisionam.Muitas vezes converso com pessoas que estão chateadas, tristes, sem estímulo, e em 99% das vezes são situações que podem ser mudadas.São pessoas que olham muito para as OUTRAS PESSOAS QUE AS FAZEM SOFRER, e muito pouco pra si mesmas e para o que podem fazer por si e por suas vidas .
Existe uma pessoa que eu amo profundamente, desde que me entendo por gente ela está em minha vida, mas estar ao lado dela é extremamente doloroso. Emocionalmente falando, e por isso não convivo mais com ela, o máximo que faço é falar por telefone, pode soar estranho, mas temos que nos amar e respeitar antes de qualquer outra pessoa. Fiz uma escolha consciente em manter distância, dolorida, mas consciente.
Não foi fácil, nem rápido, mas ocorreu sem acusações, nem ofensas. Algumas vezes paramos debaixo de uma macieira procurando bananas e gritamos e nos debatemos, mas a macieira vai continuar dando suas maçãs . O máximo que pode acontecer é que ele melhore a qualidade das maçãs, mas bananas meus amigos, teremos que buscar em outro lugar.
Escreva sua história,procure o lápis , ou caneta,assuma o lugar que é seu e de mais ninguém .
...Na mulher madura que escura quer clarear,

Na morte viva que bendiga

A fé que leva-me a cura,

A cura que leva-me a escrever a vida,

A vida em meu peito a vibrar.


Beijos !!!