12 abril 2012

Beijos, beijinhos, beijoca ...


Oi moças beijoqueiras, 

rssss.... vai dizer que cês não gostam de dar uns beijinhos ? Vocês sabiam que dia 13 de abril é o dia do beijo, sabia não ? Pois é ...


"No dia 13 de abril é comemorado o Dia do Beijo. É difícil saber, ao certo, o que motivou a criação da data comemorativa, mas diz a história - verdadeira ou não - que o italiano Enrique Porchelo beijava todas as mulheres que encontrava na vila em que vivia, casadas ou não. Em 13 de abril de 1882, o padre local teria oferecido um prêmio em moedas de ouro às mulheres que não haviam sido beijadas pelo "Don Juan". Conta a lenda que nenhuma apareceu e que o tesouro está escondido em algum lugar da Itália até hoje.Mais , aqui."

É  bom né gente, beijo de amor, de amizade, de carinho, faz taaanto bem pro coração da gente . Na minha família a gente sempre se cumprimenta com um beijinho, tenho uma cunhada que diz que achava a maior graça quando via a gente dando beijinho pra lá e pra cá , na maior naturalidade, hoje ela já se acostumou e até curte . Acho engraçado casais que não se beijam mais, deixam que e rotina traga a mornidão pro relacionamento e quando percebem nem sequer trocam mais beijos. E início de relacionamento, oh , my God, cada beijo é um frio na espinha e um calafrio que percorre o corpo todo.E o primeiro beijo as moças se lembram ? Ai o meu foi um miiico , aliás foi um King Kong, kkkk !
Foi na porta do colégio, eu tinha 13 anos e o menino uns dezessete, na época a gente usava uns batons  beeeem pink e ainda por cima cintilantes, ele queria me namorar e tava naquele chove não molha , só sei que quando eu vi ele já tinha me beijado, até aí tudo bem , o pior foi quando chegamos perto do meu irmão e da minha amiga que nos esperavam e estávamos os dois com a cara lambuzada de baton !Já imaginaram que sem graça nós dois limpando o rosto e  meu irmão e a amiga olhando pra nossa cara , rssss !
Então ficamos assim, beijando muiiiito e vivendo tudo o que a vida tem pra gente, combinado ?
Vem comigo ler umas coisas bonitas  e interessantes sobre beijos , vem :

  • 29 músculos são ativados em um beijo apaixonado
  • o coração dispara, podendo passar de 70 para 150 batimentos por minuto
  • o corpo se aquece queimando até 15 calorias
  • a pressão arterial sobe
  • são trocadas 250 bactérias junto com a saliva
  • os resíduos da sua saliva permanecem por três dias na boca de quem você beijou anteriormente
  • uma pessoa troca, em média, 24 mil beijos (de todos os tipos, dos maternais aos apaixonados e até roubados) ao longo de sua vida
  • segundo pesquisadores norte-americanos, a saliva que se troca em um beijo "profundo" facilita a digestão e tem efeitos benéficos sobre as defesas do organismo
  • beijar acalma, já que o nível de serotonina no cérebro (substância neurotransmissora que dá a sensação de euforia e relaxamento) aumenta nessa hora




O primeiro beijo 
Durante todas as noites desse verão, as estrelas foram líquidas no céu. Quando eu as olhava, eram pontos líquidos de brilho no céu. Na primeira vez, encontrámo-nos durante o dia: eu sorri-lhe, ela sorriu-me. Dissemos duas ou três palavras e contivemo-nos dentro dos nossos corpos. Os olhos dela, por um instante, foram um abismo onde fiquei envolto por leveza luminosa, onde caía como se flutuasse: cair através do céu dentro de um sonho. 

Naquela noite, fiquei a esperá-la, encostado ao muro, alguns metros depois da entrada da pensão. As pessoas que passavam eram alegres. Eu pensava em qualquer coisa que me fazia sentir maior por dentro, como a noite. As folhas de hera que cobriam o cimo do muro, e que se suspendiam sobre o passeio, eram uma única forma nocturna, feita apenas de sombras. Primeiro, senti as folhas de hera a serem remexidas; depois, vi os braços dela a agarrarem-se ao muro; depois, o rosto dela parado de encontro ao céu claro da noite. E faltou uma batida ao coração. 

O mundo parou. Sombras pousavam-lhe, transparentes, na pele do rosto. O ar fresco, arrefecido, moldava-lhe a pele do rosto. E o mundo continuou. Ajudei-a a descer. Corremos pelo passeio de mãos dadas. A minha mão a envolver a mão fina dela: a força dos seus dedos dentro dos meus. Na noite,os nossos corpos a correrem lado a lado. Quando parámos: as nossas respirações, os nossos rostos admirados um com o outro: olhámo-nos como se nos estivéssemos a ver para sempre. Quando os meus lábios se aproximaram devagar dos lábios dela e nos beijámos, havia reflexos de brilho, como pó lançado ao ar, a caírem pela noite que nos cobria. 

José Luís Peixoto, in 'Cemitério de Pianos'



Seu beijo

Tentei decifrar seu beijo
Esse sabor que traz desejo
Tão difícil de esquecer
Tem gosto de ansiedade
Com pitadas de vontade
Em lugares de estremecer
Seu beijo que me percorre
Dos lábios ao corpo corre
É capaz de me acender
É um sem-gosto-gostoso
Que por seu jeito amoroso
Quase me faz enlouquecer
É, seu beijo me fascina
Deixa meus sonhos de menina
A voar sem perceber

Autora: Renata de Vasconcelos




Então , aqui pro'cês ô :


AQUELE BEIJO !!!!! 

Participamos :

Lílian