25 janeiro 2013

Era uma vez um banquinho triste ...

#sextacriativa

Oi pessoas queridas !

Hoje quero contar a história de um banquinho triste.
Quando nos mudamos para a casa que moramos hoje em dia, na área de serviço havia um baquinho, feio, encardido,mas firme.
E por isso ele foi ficando por lá...
Mas me irritava olhar para a sua triste figura, veja :
banquinho reciclado
antes-feio e encardido!
Um dia, acordei inspirada, peguei minha caixa de retalhinhos e decidida resolvi mudar a vida e a cara do banquinho.
Então,corajosamente, me dirigi à  'MISSÃO BANQUINHO'!
Se você quiser fazer também :
retalhos para repaginar um banquinho
Ah, e muiiita paciência, claro, rsss...
Sendo esta a primeira vez que eu cobria uma peça maior, comecei meio sem saber o que fazer,confesso, mas aos pouco peguei o jeito, e olha , adorei!
Dica : adicione um pouquinho de água na cola

Depois de pronto, ele está provisoriamente em um cantinho do meu quarto.
Comprei esse manequim, também pra ser repaginado, tinha muita vontade de ter, mas estou sem inspiração,alguém me sugere algo?
Pra trabalhar com retalhinhos, basta ter paciência e capricho, que o resultado fica bom, já fiz outras peças com retalhos e mostrei aqui no blog, quem não viu pode conferir aqui: Mini prateleira e Garrafinhas de Coca.
Dicas: Depois que secar completamente, com um lixa de unhas retire todos os fiapos e linhas soltas.
E agora ele está todo prosa,nem se lembra que um dia foi feio, que um dia foi triste e encardido,rsss...
Gente, sabe o que eu gosto nestes projetinhos?É a possiblidade que abrimos, é saber que fugimos um pouco do consumismo, da necessidade de comprar, porque podemos olhar as coisas com novos olhos, concordam?
E dos sorteios, gente, vamos participar ? AQUI , VOCÊ CONFERE TODOS!
E oque rolou durante a semana, você viu tudo ?
Confira  aqui :

Quer conhecer uma loja de bijus muito fashions?
Visite : 


Antes de sair deixa um alô para o banquinho que um dia foi triste?

Beijos no coração !

"A amizade desenvolve a felicidade e reduz o sofrimento, duplicando a nossa alegria e dividindo a nossa dor".
Joseph Addison
Estamos:

Lílian Almeida -Administradora

Vera Lúcia Freire-Colaboradora