28 dezembro 2012

Consumismo em época de final de ano

Última Blogagem Coletiva do ano- Escritos Lisérgicos 

Oi pessoal,
Dando notícias ,enfim!
Graças a Deus passei dias maravilhosos,curtindo demais com minha familia.
Foi um natal bem comum, família,criançada correndo,peru e muita comilança, passamos vários dias juntos,na verdade, começamos a comemorar no dia 22/12,por que o meu primeiro sobrinho Daniel, fez 8 anos dia 23/12.
Somos 5 irmãos,duas meninas e 3 meninos,todos casados e com filhos , exceto eu ,que sou a mais velha.
É, fiquei pra titia,rsss, mas adoro.
Nada contra casamento, e já quase casei uma meia dúzia de vezes.Mas não foi em frente...
Bem,mudando de assunto, achei muito boa o tema da BC promovida pelo Chris, do blog Escritos Lisérgicos,que aborda o consumismo excessivo.
Eu já tive muitas fases de consumismo assim,inclusive, muitas vezes comprar serviu como válvula de escape pra ansiedade.
No entanto fui corrigindo isso com o tempo, e hoje sei como me livrar desse 'monstrinho'.
Acredito que o segredo de bem viver é o equilíbrio, nas diversas áreas da vida.
Gosto de comprar e presentear,mas não gosto de estourar o cartão,pegar empréstimos ou deixar de honrar compromissos por causa de presentes pra mim ou para terceiros.
Pode parecer batido, mas realmente temos que valorizar o SER,muito mais do que o TER.
Meus sobrinhos tem entre 8 e 3 anos de idade, são 7 crianças.Pego-me muitas vezes observando os efeitos dos bens materiais sobre eles, pois eles tem acesso a coisas que nem eu nem meus irmãos sequer imaginávamos na idade deles.

Pra começar, tem dvd e tv só pra eles.Play Station e tv a cabo.
E o de 7 e 8 anos já querem  Tablete.
Não quero ser radical, mas acredito que temos que ir com calma, ir plantando valores sólidos, tirar as crianças da frente da tv, dos jogos e do computador, conversar com eles, ouvir suas opiniões,saber o nome de seus professores,de seus amigos e mesmo de seus desafetos.Entender como pensam,sabe?
Não acho que o poder de compra seja negativo em si mesmo, mas sim o que fazemos dele.
Comprar,comprar , sem parar me angustia.Me causa desespero.
Mas claro,recebemos milhares de estímulos neste sentido, e é aí que entra a capacidade de se gerenciar.
Passei um natal libertador.Explico.
Como este ano não trabalhei, minhas economias foram geridas em coisas práticas e em cursos principalmente.
Por isso não pude gastar como todos os anos,mas confesso que foi uma delícia.
Gente, simplesmente não gastar,não por pão- durismo,não.
Mas pra sentir realmente uma natal cheio de simbologia de amor, onde eu não precisei comprar NADA pra me sentir BEM .Compreendem ?
Nos anos anteriores eu começava a economizar em outubro, assim podia presentear todo mundo sem me endividar, então vocês imaginem como foi um divisor de águas este natal sem compras pra mim !
Fizemos amigo oculto em família e com uns amigos intímos,mas foi mais pelo prazer da brincadeira.E os mimos foram simbólicos.As crianças amaram, e nós nos divertimos muito.
Ganhei presentes,mas sou super zen neste sentido,adoro presentear e não ligo de ganhar,sempre fui assim.
Enfim, o consumismo é uma realidade, o poder de compra e as ofertas também,mas equocionare isto de forma saudável está em nossa mãos.
(Texto por Lílian Almeida)


A tirinha é só pra descontrair, viu gente ?
Nada de seguir esse exemplo! kkk

Que tal compartilhar suas idéias sobre o assunto ?
Onde ?
Aqui : http://escritoslisergicos.blogspot.com.br/2012/12/ultima-blogagem-coletiva-do-ano_24.html

Amigos,
estou com muitas saudades de todos vocês, de visitar os blogs, bater aqueles papos bons.
Logo,logo tudo normaliza por aqui.
Saibam no entanto que vocês estão no meu coração!
Feliz 2013 !!!