10 outubro 2012

Blogagem Coletiva Especial Dona de Casa

Olá amigos, 

que bom que você passou por aqui! Estou participando de um BC e gostaria muito de compartilhar com você a minha opinião, e claro, saber  a sua também !
O tema dessa BC  tem como ponto de partida a dona de casa full time , ou , em tempo integral : 

A proposta do DCA é totalmente pertinente e atual.Ser ou não dona de casa  full time,é também uma história que acontece paralela á das mulheres e seus direitos.Muitas vezes confundimos adiquirir direitos com 'trocar de prisões'.A mesma visão machista que limitava as mulheres somente às tarefas domésticas, quer voltar a imperar através da idéia de que TODA mulher MODERNA  , DEVE OBRIGATORIAMENTE trabalhar fora.
Nos iludimos, pois trata-se mais de , como seres humanos, termos a liberdade de escolher onde e como viver.E não trocar uma ditadura por outra.
Não há avanço realmente quando nós, homens e mulheres cultivamos essa postura e visão.É claro que são fatores culturais também que estão muito arraigados,mas que precisam ser colocados por terra.

A mulher que hoje em dia, opta por ficar exclusivamente por conta da casa e dos filhos, merece  todo o respeito e louvor, tanto quanto a que trabalha fora.É necessário que a mulher saia do papel de eterna vítima e assuma o leme do barco de sua história, se é cuidar do lar que a satisfaz que ela seja feliz nessa perspectiva que  conscientemente escolheu.
As tarefas de administração de um lar são muitas, principalmente quando há filhos.É necessário, não se iludam, de muita administração e competência.E definitivamente nenhuma mulher deveria sentir-se  mal por ter feito esta escolha.
As pessoas que criticam a dona de casa full time, não pararam ainda pra analisar todo o contexto, responsabilidade,e compromisso dessa escolha.

Muito dos equívocos são devido à recente história das conquistas femininas em áreas antes dominadas apenas pelos homens.Pois ao querer mostrar  competência a mulher adquiriu  a 'necessidade' de negar o prestígio das tarefas que antes exercia.Colocando tais tarefas num patamar bem inferior, e enaltecendo tudo o que é relacionado ao âmbito profissional.
Ao formar um lar, o casal deve ter antes de tudo companheirismo, tarefas devem ser divididas.E aí entra mais um fator que gera conflito.Pois inúmeros homens foram,e a ainda são criados, para receber nas mãos até a própria comida.Perguntar a um deles aonde fica uma peça íntima deles próprios é como perguntar a origem do BIG BANG(meu pai foi assim durante muitos anos, e olha que ele tem apenas 58 anos, rss).Deveríamos perceber que ao ensinar um menino ou menina as tarefas de casa estamos formando um ser humano, autônomo,cooperativo,consciente e capaz.Qualidades estas que tendem a se manifestar em outras  áreas, como escola, trabalho e profissão.
Trabalhei por 5 anos com jovens de 12 a 18 anos em sistema de internato, aqueles que eram incentivados pelos pais a colaborar com as tarefas de casa desde cedo, eram , na maioria das vezes os mais participativos em todas as atividades que desenvolvíamos.PORQUE SERA?
Um dos caminhos para que a sociedade se conscientize  e aceite a dona de casa full time, deve vir através da própria dona de casa.Como ela pode abrir esse caminho?
Mantendo  uma postura positiva e cultivando a auto-estima, ensinando os filhos e filhas a serem 'donos de casa 'também,por que não ?


E por favor,não vamos cair em discursos vazios de pseudo-feministas.Discursos de que temos que trabalhar fora por isso ou aquilo,essa dever ser uma escolha pessoal.A independência financeira  é importante,não se trata de manter-se numa relação porque não há como se sustentar, hoje as mais diversas áreas estão se abrindo para profissionais do sexo feminino.
O único ponto que a dona de casa não deveria negligenciar é a  sua educação, sua formação.Faculdade sim, leitura sim!
Quando escolhemos o nome desse blog, tínhamos em mente justamente essa ambiguidade  da mulher moderna, que muitas vezes não consegue conciliar todos as facetas de ser uma mulher moderna e também  do lar.
A frase que está no cabeçalho do blog : 'PORQUE O BOM DE SER UMA MULHER MODERNA, É PODER SER UMA MOÇA PRENDADA'.
Foi cunhada através dessa perspectiva,de mulheres que tem profissão,mas gostam do fogão,tem fogão, mas amanhã podem tornar-se empresárias,contadoras.Ou em contrapartida,serão sempre donas de casas, e muito prendadas , sim senhor.

Vocês já pararam pra analisar o preços de serviços domésticos?!Como alguém pode desmerecer um serviço desses? 
E eu nem vou comentar a parte da educação das crianças ...
Ainda não me casei, nem sou dona de casa full time, estou num momento de reciclagem profissional, sai do trabalho e estou fazendo cursos de atualização.
Retornarei ao mercado de trabalho em breve.
Não sei se um dia chegarei a ser uma dona de casa full time, não desconsidero essa possibilidade.
Se um dia acontecer quero que seja de uma forma tranquila e bacana, uma escolha consciente.

À todas mulheres, donas de casa full time,  o meu sincero abraço e parabéns, vocês são ótimas !

Temos o mundo à nossa frente, nossas escolhas podem e devem ser as que nos façam felizes.



E vocês, o que pensam à respeito ?
Que tal participar também ?Acesse o link acima e  saiba como.
Já participou do nosso sorteio?
Então venha, é uma forma de agradecer a presença sempre amiga de vocês :

SE VOCÊ QUER GANHAR DUAS BROCHURAS PERSONALIZADAS, UMA GRANDE E UMA PEQUENA,DEIXE UM COMENTÁRIO COM SEU NOME E E-MAIL NO POST ABAIXO:

http://casascoisaseoutros.blogspot.com.br/2012/09/sextacriativa-agenda-e-caderninho.html

Beijocas no seu coração !

Lílian Almeida