23 dezembro 2011

Poeminha



Noite de Natal

Ó noite de Natal!
Ó noite de magia!
Na aldeia de Belém,
a estrela do Pastor
Inundava de luz a humilde estrebaria,
Onde havia nascido o filho do Senhor.
O rosto angelical e lindo de Maria
tinha a doce expressão do maternal amor.
 De joelhos,
José, comovido sorria,
contemplando Jesus, o meigo Salvador.
Os anjos pelo céu,
num hinário divino,
cantavam o natal do loiro Deus-menino
e descia do
Além a celestial canção,
Envolvendo Jesus,
o ser extraordinário,
que havia de morrer no cimo do Calvário
e aos homens ensinar a bondade e o perdão.

Autora: Lola de Oliveira

FonteMensagens e Poemas
http://mensagensepoemas.uol.com.br/natal/versos-para-a-noite-de-natal-2.html