21 dezembro 2011

É só sentar e . . .

Um bom lugar para :



Fazer poesias !


Poesia no Canto – Um Encanto

Bordo meus versos
No aconchego do meu canto
Um encanto!
Desenho com palavras
Coloridas telas!
Encho balões com meus sonhos...
Solto-os no iluminado espaço
No exato momento
Em que passa uma corrente de vento!
Sobem aos céus

Lá... Bem junto às estrelas
E são abençoados por Deus!...
Depois retornam
Num rabo de cometa
Pousando aqui e acolá...
Deixando um pouco de mim
Em cada lugar
Onde os silêncios rugem
Em meio às dores que surgem...
Onde o tempo é quando...
A dor passar!
E o amanhã é quando...
A ferida secar!
Preciso plantar o meu verso
De amor e ternura,
Fazer o reverso do sofrimento,
Levar um pouco de loucura,
Fazer voar, sem sair do chão,
Por ponto final no lamento.
Alimentar... Distribuir o pão...
Oferecer as mãos em conchas
De amor...
Abraçar, com a esperança,
De que a dor suavizou
E a treva se acendeu em luz
E a poesia trouxe a paz de Jesus!
Carmen Vervloet